Sistema Global para Comunicações Móveis (GSM: originalmente, Groupe Spécial Mobile) é uma tecnologia móvel e o padrão mais popular para celulares do mundo, fornecida através de chip.

Por ele as chamadas são designadas a um determinado tempo dentro da frequência, contando com a diferença de que a transmissão é toda criptografada, de modo a conferir ainda mais segurança ao processo.

O GSM é atraente tanto para uso pessoal quanto para empresa. Pois, quem usa o serviço tem vantagem de circular pelo país sem a necessidade de trocar de operadora.

Além disso, ainda podem realizar livremente as trocas de aparelhos (para quaisquer outros modelos GSM), mesmo assim retendo seus números de telefone graças à utilização de chips independentes, chamados de cartões SIM. Nestes mesmos cartões ainda ficam armazenados alguns dados, como agendas de contatos que podem ser importados diretamente para os aparelhos.

Já as empresas utilizam essa essa tecnologia através de um equipamento nomeado como chipeira, que fornece diversas linhas telefônicas.

Nesse post de hoje vamos falar um pouco das vantagens e desvantagens dessa linha telefônica o que precisa para ser utilizada na sua central. Confira.

Principais vantagens e desvantagens da linha GSM

Vantagens:

  • Integração com todas as centrais telefônicas
  • Portabilidade numérica
  • Roteamento Inteligente
  • Implementação de 0800 com custo zero para clientes de telefones móveis
  • Realização de Campanhas SMS

Desvantagens:

  • Chipeira com custo benefício alto
  • Linhas limitadas
  • Baseado na rede TDMA

Vale ressaltar, que uma das grandes vantagens do sistema GSM é que ele está presente em todo o território nacional e torna-se de fácil acessibilidade para o seu cliente. Afinal, quem é que não tem um celular com uma linha GSM?

Como realizar a implementação da telefonia

O sistema GSM 900 utiliza dois conjuntos de frequências na banda dos 900 MHz, o primeiro nos 890-915MHz, utilizado para as transmissões do terminal e o segundo nos 935-960MHZ, para as transmissões da rede.

Além disso, após a transmissão, a voz é codificada de uma forma complexa, de forma a que erros na transmissão possam ser detectados e corrigidos.

Apesar de ser uma linha de telefonia muito comum, assim como a telefonia analógica ela depende de uma estrutura local para implementação.

No entanto, não é a mais indicada para uma central de atendimento. Pois, precisará da utilização de um equipamento especifico para a utilização de chips – a chipeira. Assim, é possível que consigam realizar ligações simultâneas de diversas linhas.

Contudo, o custo benefício desse aparelho não é muito barato e vale ressaltar que, muitas vezes, a utilização da linha GSM é restrita para uso pessoal.

Portanto, agora que já sabe como essa telefonia funciona, vale ressaltar que em uma central é importante que as ferramentas de telefonia e gestão sejam integradas e personalizadas conforme as necessidades da sua empresa. Assim, é possível ter um negócio bem-sucedido e escalável.

Entre em contato com nossa equipe e saiba como integrar e personalizar a telefonia da sua central!

2020-08-17T15:44:43-03:00
Ir ao Topo